sábado, 27 de março de 2010

MANUAL DO PACIENTE. (Quimioterapia)

QUIMIOTERAPIA
A quimioterapia consiste no emprego de medicamentos para combater as células doentes, destruindo e controlando o seu desenvolvimento. Esses medicamentos são chamados de antineoplásicos (quimioterápicos).

Os quimioterápicos podem ser hormônios moduladores da resposta imunológica ou de origem química. Podem ser usados isoladamente ou em conjunto ( a maioria dos pacientes toma uma combinação de medicamentos). Sua utilização pode ser por via oral ou injetado através do acesso venoso (veia), músculo ou passados sobre a pele (uso tópico).

As drogas quimioterápicas interferem na capacidade de multiplicação das células doentes. Para cada diagnóstico é definido o tipo e as combinações das medicações a serem administradas no paciente.

As drogas utilizadas no tratamento atingem tanto as células doentes como as normais. As células normais mais afetadas são aquelas que mais rapidamente se dividem incluindo as de folículo piloso, sistema gastrointestinal, sistema reprodutivo e medula óssea.

A quimioterapia pode também atingir as células normais e provocar efeitos colaterais, como: queda de cabelo, feridas na boca, dificuldades para engolir, náuseas e vômitos, constipação ou diarréia, anemia e aumento de sangramentos.


FORMAS DE ADMINISTRAÇÃO

A quimioterapia pode ser administrada de diferentes maneiras.
Oral - pílula, cápsula ou líquido, ingerido pela boca; intramuscular - por injeção no músculo do braço, perna ou nádegas; intravenosa - aplicada numa veia periférica (mãos ou braços) ou por um cateter.

As aplicações podem ser diárias, semanais, quinzenais, ou mensais, obedecendo aos intervalos estabelecidos pelo médico. Não existe um prazo fixo em relação ao período de tratamento e a quantidade de vezes que o paciente fará a quimioterapia, pois cada organismo possui uma maneira própria de reagir aos medicamentos.

É importante cumprir rigorosamente as datas do tratamento, evitar faltas e manter sempre contato com o serviço de quimioterapia informando possíveis alterações.

GUIA PARA A QUIMIOTERAPIA
Se o seu tratamento estiver previsto para realizar-se em uma clínica ou hospital, observe o tempo a ser gasto no trânsito e nas rotinas de internação. Isso diminui a ansiedade.

UMA OBESERVAÇÃO MINHA: FAÇA A QUIMIOTERAPIA EM HOSPITAL, ONDE É FEITO UM MELHOR E MAIS RÍGIDO CONTROLE NA ADMINISTRAÇÃO DA MEDICAÇÃO, CLÍNICA SE VOCÊ TIVER UM PORBLEMA AO TOMAR A MEDICAÇÃO, VOCÊ NÃO VAI TER O ATENDIMENTO RÁPIDO SE CASO NECESSITE E ATENDIMENTO MÉDICO EM UMA URGÊNCIA. EU FIZ TODO O TRATAMENTO NO ICC, HOSPITAL DO CÂNCER. CLÍNICA NÃO É LUGAR DE QUIMIOTERAPIA EM MINHA OPINIÃO.

Solicite uma companhia com quem se sinta à vontade. Peça ajuda a parentes e amigos em relação aos afazeres domésticos como buscar e levar as crianças na escola, fazer pagamentos, alimentação da família, ou seja, atividades cujo adiamento possa implicar em algum tipo de prejuízo.

Escolha roupas bem confortáveis e fáceis de tirar, pois geralmente os medicamentos
quimioterápicos são administrados com grandes volumes de líquidos, provocando idas
frequentes ao banheiro.

A quimioterapia após sua administração chega através da corrente sanguínea em quase todo o organismo. O resíduo do medicamento é expelido pelo corpo através da urina ou pelas fezes. Este resíduo ás vezes é tão tóxico como o próprio medicamento e muitos são excretados por vários dias.

É importante diminuir as situações de exposição para si mesmo e sua família como:
Ao usar o vaso sanitário, faça-o de modo a evitar respingos. Não esquecer de acionar a descarga com tampa fechada.

Roupas molhadas com urina, fezes ou vômitos devem ser manuseadas com luvas e lavadas separadamente. Caso esteja recebendo medicação colorida (vermelha, azul, amarela), é normal observar alteração da cor da urina nas 48 horas após o tratamento. Entretanto se o medicamento for incolor e sua urina estiver avermelhada, fale com o seu medico.

Apenas ajustar os dias das sessões e os dias em que os efeitos colaterais estejam mais fortes, para que possa entrar em acordo e ser dispensado do trabalho.
A quimioterapia provoca tensões físicas e emocionais que podem contribuir para que haja uma diminuição no interesse sexual. No entanto, é importante que o paciente saiba que a quimioterapia não o impede de manter relações sexuais normalmente.

As drogas utilizadas na quimioterapia podem reduzir temporariamente a produção de hormônios, provocando em algumas mulheres alteração do ciclo menstrual.
Durante o período de quimioterapia a gravidez deve ser evitada, já que as drogas usadas podem causar riscos na formação do bebê.

Alguns medicamentos, mesmo os homeopáticos e “naturais, podem interferir no tratamento quimioterápico. Por isso, o médico deve ser sempre consultado antes de o paciente fazer uso de qualquer medicamento.

EFEITOS COLATERAIS
Os medicamentos antineoplásicos utilizados na quimioterapia atingem tanto as células
doentes como as normais. Os tecidos do corpo com maiores índices de renovação, como a medula óssea, o couro cabeludo, a pele e mucosas, são mais afetadas de forma indesejável pela medicação. Sendo assim, durante o tratamento podem ocorrer efeitos colaterais que variam em frequência, intensidade e de pessoa para pessoa, conforme a medicação utilizada.

Os sintomas mais comuns são:
- Náuseas;
- Vômitos;
- Sudorese;
- Secreção nasal;
- Alteração da salivação;
- Ruborização (rosto e pescoço podem ficar quentes e vermelhos);
- Diarréias;
- Falta de apetite;
- Feridas na boca;
- Queda dos pêlos e cabelos;
- Anemia e fadiga;
- Prisão de ventre;
- Alterações na pigmentação da pele e das unhas;

Esses efeitos colaterais são bem conhecidos dos médicos e podem ser prevenidos ou diminuídos de intensidade com orientação adequada. Existem medicamentos de grande eficácia contra náuseas e vômitos (antieméticos) e contra a diarréia. Não há medicação para evitar a queda do cabelo.

Caso não haja o aparecimento de efeitos colaterais ou eles sejam mínimos, não significa que o tratamento está sem efeito.

NÁUSEAS E VÔMITOS
A quimioterapia pode causar náuseas e vômitos. Esses sintomas ocorrem principalmente no dia seguinte à infusão, podendo-se prolongar por até 4 dias. A intensidade varia de acordo com o organismo do paciente e com o tipo de quimioterapia utilizada. Nesse período, algumas mudanças nos hábitos alimentares auxiliam no combate desses sintomas, tai como:

- dê preferência a alimentos com rápida digestão (frutas, verduras);
- procure fazer várias refeições durante o dia, em pequenas quantidades, de modo que o - estômago não fique muito cheio;
- evite alimentos gordurosos, frituras, temperos fortes e doces;
- comer devagar, mastigando bem os alimentos;
- dê preferência a alimentos frios (sorvetes e raspas de gelo) ou em temperatura ambiente;
- beba bastante líquido (bebidas gasosas e/ou água com algumas gotas de limão);
- evite odores fortes (cheiro de alho fritando, perfumes, etc);
- procure não exercer atividades que exijam esforço físico;
- procure vestir roupas leves;
- coma alimentos secos como torradas, biscoitos, roscas e pipoca;
- descanse com a cabeça e o tronco apoiado verticalmente após as refeições não fique deitado;


A PARTE A LIMENTAR ACREDITO QUE CADA PACIENTE TEM QUE SABER DO SEU MÉDICO, O QUE EVITAR E O QUE COMER.


QUEDA DE CABELO
A quimioterapia atinge o crescimento e a multiplicação das células que dão origem ao cabelo,
por isso pode provocar a sua queda, de forma total ou parcial. Não se pode prever exatamente
como e em que proporção os cabelos serão afetados, porém é importante lembrar que a queda
é geralmente temporária; o processo de nascimento do cabelo se reinicia logo após o término
da quimioterapia, e em alguns casos, ainda durante a quimioterapia.
Alguns pacientes preferem cortar os cabelos como uma forma de se preparar para o processo
da queda. Outros esperam que os cabelos comecem a cair, para então tomar a decisão de
cortar e/ou usar um artifício como boné, lenço ou peruca.


NO MEU CASO EU RASPEI A CABEÇA LOGO NA PRIMEIRA SESSÃO DE QUIMIOTERAPIA E POUCO USEI ALGO QUE COBRISSE MINHA CAREQUINHA.


ALTERAÇÕES DE PELE E UNHAS
Dependendo do tipo de quimioterapia, o paciente pode apresentar alterações na pele, como
vermelhidão, coceira, descamação, ressecamento e manchas. As unhas também podem apresentar escurecimento e rachaduras. Alguns desses efeitos podem ser amenizados pelo próprio paciente, que deverá manter a pele
limpa, fazer uso de hidratantes, evitar a exposição ao sol e fazer uso de protetor solar.

ANEMIA E FADIGA
A anemia e a fadiga podem ocorrer durante o tratamento. Sendo que a anemia será facilmente
detectada no exame de sangue obrigatório antes da aplicação da quimioterapia.

FALTA DE APETITE
Normalmente as medicações provocam náuseas, favorecendo alterações no paladar e
modificando a disposição para a alimentação.

É importante manter-se bem nutrido, e para isso: Procure comer o que mais gosta,
acompanhado e em ambiente agradável, mantenha-se longe da cozinha durante o preparo dos
alimentos, coma pequenas quantidades várias vezes ao dia, normalmente a perda de peso
acontece devido às náuseas, mas é compensada logo que há a melhora do mal estar.

PRISÃO DE VENTRE
Alguns medicamentos antineoplásicos, a mudança de alimentação e a diminuição de atividades são fatores que podem provocar a prisão de ventre.

É importante aumentar a ingestão de alimentos que contenham fibras, como arroz integral,
trigo integral, cereais, farelo de trigo, passas, vegetais.

RUBORIZAÇÃO DA PELE
Pode aparecer durante a quimioterapia ou horas após, mas tende a desaparecer no dia
seguinte. É importante evitar a exposição ao sol e ao calor.

INFECÇÃO
A quimioterapia afeta o sistema imunológico, o que possibilita o aparecimento de infecções.
São necessárias alguns cuidados para prevení-las, evitando que atrapalhe, interrompa ou atrase o tratamento.

ALGUMAS MANEIRAS DE PREVENIR INFECÇÕES
- Lave suas mãos frequentemente durante o dia com sabonete e água morna;
- Mantenha suas mãos distantes de seus olhos, nariz e boca;
- Lave sua cabeça regularmente para evitar germes provenientes da sua pele;
- Troque as toalhas de banho frequentemente e não as divida com outras pessoas;
- Evite ficar próximo de pessoas que estejam com infecções que você possa pegar como gripes,
rsefriados, sarampo ou catapora;
- Evite lidar com terra, plantas ou água provenientes de flores que estejam em vasos. Se não for possível, use luvas para proteção quando lidar com faxina, jardinagem ou limpar seus animais;
- Limpe cortes e arranhões imediatamente com água proveniente de flores que estejam em vasos. Se não for possível, use luvas para proteção quando lidar com faxina, jardinagem ou limpar seus animais;
- Limpe cortes e arranhões imediatamente com água e sabão e utilize um anti-séptico;
- Tomar banho todos os dias, mesmo que se sinta desanimado;
- Use filtro solar e evite exposição direta ao sol;
- Evite tomar banhos de mar ou de rio durante o tratamento;
- Não esprema cravos e espinhas;
- Evite bebidas alcóolicas;
- Evite lugares cheios e fechados ou pouco arejados;
- Evite retirar cutículas e fazer depilações ou faça com cuidado para não ferir a pele;


PACIENTES QUE PORTAM CATETER IMPLANTADO (PORT-A-CATH)

Os pacientes que terminaram o tratamento ou estão dando um intervalo maior que 30 dias e
que são portadores do cateter tipo “Port-a-Cath” deverão ter os seguintes cuidados:

Lava-lo a cada 28 dias, na unidade onde realizavam seu tratamento, a fim de manter o maior tempo de utilização, evitar movimentos fortes com o local do cateter e evitar pegar peso com o membro relacionado ao cateter.

Tremores e calafrios acompanhados ou não de febre ou arroxeamento dos dedos e lábios, significam infecção do cateter. Assim, deve-se procurar com urgência o pronto socorro do hospital de referência do seu medico e avisar ao medico plantonista.

SINAIS OU SINTOMAS QUE PODEM INDICAR INFECÇÕES
Febre, calafrios, suor noturno, náuseas e vômitos, vermelhidão ou inchaço, diarréia, queimação ao urinar, tosse, falta de ar e dores de cabeça com rigidez do pescoço.

RESUMO DOS SINTOMAS QUE DEVEM SER COMUNICADOS AO SEU MÉDICO IMEDIATAMENTE.
- Febre acima de 37,8 C;
- Hematomas e sangramentos;
- Náuseas incontroláveis, vômito;
- Diarréia com sinais de alerta descrito;
- Aumento da dor ou uma nova dor;
- Não conseguir urinar;
- Sangramento ou dor ao urinar;
- Inchaço repentino com ou sem dor;
- Dor de garganta, tosse, dificuldade de respirar;
- Algum novo sintoma;


TUDO EU FALO AO MEU MÉDICO, É IMPORTANTE PARA NOSSO TRATAMENTO ESSA COMUNICAÇÃO.

Obs: o que está em negrito e caixa alta são meus comentários. (Victória)

FONTE: http://www.neon.med.br

74 comentários:

  1. Olá vitória, fico feliz por vc ter conseguido vencer, e ainda pensou em ajudar outras pessoas. Minha mãe tem 39 anos e sofre de câncer de colón, estou fazendo de tudo para ajudá-la a vencê-lo também.

    As informações que vc postou aqui, nos ajudaram muito!!

    MUITOOO OBRIGADAAA!!

    Ass: Nathii

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei as explicações que foram disponibilizadas aqui, meu pai está em tratamento e alguns desses efeitos colaterais apareceram e nós não sabiámos se era ou não normais.Obrigada!!!

    que Deus abençõe todos q estão em tratamento e se recuperem!

    __Simone__

    ResponderExcluir
  3. Realmente estes tratamentos são um mal necessário, contudo há que ter força para vencê-los. Não sofrer por antecedência. Foi-me dito que há alguns tratamentos de quimioterapia que não provocam queda de cabelo, gostaria de saber se é verdade e qual é o tratamento.

    Obrigado,

    ResponderExcluir
  4. Jaime Rodrigues de Aguiar5 de setembro de 2010 07:05

    Victória, parabéns pelas informações. Devo informar que estou fazendo quimio e que para evitar infecções tenho utilizado a técnica da AUTO HEMOTERAPIA. Farei um total de 8 sessões a cada 21 dias e estou na sétima. Não tive nehum tipo de infecção,pouquíssimos efeitos colaterias, nunca vomitei ou tive diarréias e sugiro àqueles que já tiveram infecções ou querem se previnir que utilizem a AH. Um abraço, Jaime

    ResponderExcluir
  5. A minha mãe também está a fazer quimioterapia, fez o segundo tratamento na passada semana e embora no 1º não tenha tido efeitos colaterais notórios, no segundo tratamento os efeitos agravaram-se, e talvez isso aconteça nos próximos que serão mais 6.
    É necessário todo o nosso apoio, pois é uma fase dolorosa, onde é precisa muita força interior...
    Deixo uma mensagem de coragem a todos os passam pelo drama destes tratamentos directa ou mesmo indectamente através de familiares.
    È PRECISO ACREDITAR NA CURA...

    ResponderExcluir
  6. OI !!!
    Parabéns por sua atitude voçe soube passar muito bem . Minha cunhada teve cance de mama depois de tratado saiu no figado onde o mesmo nao estabilizou mais ela estar fazendo o tratamento e junto com ela estamos muito confiante na sua cura . A todos que estao passando por esta mesma luta coragem e muita força e nunca desanimar pois a vitoria eremos alcansar.

    ResponderExcluir
  7. Vitoria que DEUS lhe proteja sempre,pois vc pensou no proximo parabens pela atitude

    ResponderExcluir
  8. oi gostei muito desde documentário minha mãe esta com câncer de mama estou um pouco assustada mas tenho encontrado força para ajudar ela a superar peço que se alguém
    tiver mais informação sobre o assunto eu agradeço. e desde já peço a deus por todos que estão nessa situação que deus ilumine todos dando foça e animo bjooo no coração de todos que tiverem asseso a esse meu deopimento

    ResponderExcluir
  9. Olá. O meu pai fez tratamento com quimioterapia e radioterapia por 20 dias consecutivos e na ultima seçao ele passou mal. Chegando a perder o movimento das pernas e braços. Isso é normal, ou seja, faz parte dos sintomas da quimioterapia?

    ResponderExcluir
  10. Primeiro que agradecer a todos pelo carinho e por entrarem no blog.

    Respondendo aos dois comentários a cima.

    1- Vou colocar mais assunto sobre o CA de Mama, vou pesquisar para postar e espero tirar suas dúvidas.

    2- Com relação ao seu pai ter perdido aos movimentos das pernas, eu nunca ouvi falar de perda de movimentos por conta da quimio, mas é bom vc sempre tirar as dúvidas com o médico que faz o acompanhamento do seu pai. Eu vou tentar me informar por aqui, ai se obtiver uma resposta eu post. Mas uma coisa é certa cada pessoa reage de uma forma ao tratamento, umas se debilitam mais que as outras, e esse tratamento causa uma fraqueza realmente, quem sabe não foi isso que ocorreu?! Porém nunca fique em dúvida em nada, o médico que acompanha tem que tirar todas a que vcs tiverem.

    ResponderExcluir
  11. Olá, minha mãe está na luta contra cancer que descobrimos somente este ano. Infelizmente é um tipo raro que não existe prevenção... Sarcoma de útero, que após os sintomas, fomos investigar e descobrimos mestástase no pulmão. Fez histerectomia mas ainda restaram lesões na região abdominal e pelvica. Começou a quimeo essa semana, a vermelha e branca, vai fazer 5 dias e parar por 21... Porém, a quimeo vermelha causou uma reação extremamente rara, segundo a médica. Minha mãe está totalmente confusa mentalmente, acelerada e ansiosa, com fraqueza nos braços e pernas, sente uma pressão na cabeça e somente uma vez teve náusea. Tudo isso após a 2ª sessão. Desconfiei que pudesse já ter ido células para o cérebro, mas a médica disse que é quase certa a reação à quimeo. Ainda assim vou observar e se persistir vou insistir para que peçam exames para descartar a hipótese de já ter ido pro cérebro. Busco informações para ajudá-la o máximo, já que não tenho mto o que fazer, o que está ao meu alcance eu estou fazendo, porque ela é minha vida, sou filha única e meus pais são separados há muitos anos, sempre lutamos juntas em tudo, agora estamos lutando pela cura! Ela ainda tem muito o que viver ao meu lado, conhecer os netos, é seu maior sonho... Se Deus permitir, ela irá conhecê-los futuramente! Desejo força e fé para todos, mesmo sabendo que em muitos momentos a revolta é absurda e o medo parece nos corroer... Se alguém tiver algum conhecimento sobre essas reações, deixa um recadinho aqui, por favor, pode ajudar e tranquilizar corações aflitos em busca de ajuda, porque mesmo sem querer, nessas horas sempre pensamos no pior... Tudo que é desconhecido nos assusta... Fiquem com Deus e muita paz!

    Renata

    ResponderExcluir
  12. Retificando o comentario anterior... Foi a quimeo branca que deu toda reação, não a vermelha. Não é comum acontecer apesar de ser um medicamento forte, ainda que a dose dada era baixa, mas minha mãe é sensível ao medicamento... Agora vai levar uns 2 dias pra normalizar, e a médica vai estudar como continuar o tratamento até o próximo ciclo...

    Renata

    ResponderExcluir
  13. Olá Renata, paz e bem a você sua família nesse momento em que vcs estão passando.
    Oi Renata seja bem vinda ao blog, espero que esse canal possa a vc e muitas outras pessoas ajudar com a troca de informações e apoio. Venha sempre que precisar desabafar.

    Olha a quimio reage diferentemente em cada organismo, são comuns os seguintes sintoma:

    REAÇÕES DESAGRADÁVEIS DA QUIMIOTERAPIA

    O tratamento quimioterápico tem a vantagem de atingir todos os locais do organismo onde possa ter doença. Por outro lado, atinge também células sadias que tem crescimento rápido, em alguns órgãos em especial, causando os efeitos colaterais. Estes efeitos podem variar de paciente para paciente, tanto na manifestação em si como na intensidade do aparecimento. Outros medicamentos podem ser utilizados para minimizar os efeitos desagradáveis da quimioterapia. Os principais efeitos colaterais são:

    Náuseas e vômitos;
    Queda de cabelo;
    Fraqueza nas pernas, dormência na ponta dos dedos;
    Febre;
    Diarréia;
    Feridas na boca;
    Fraqueza;
    Sangramento.

    e outros citados no texto a cima, porem todos essas reações devem ser comunicadas ao médico que está acompanhando sua mãe.

    Umas das medicações que a agora não me recordo o nome (acho que se chama Ciclo, mas vou ter a certeza pra vc) eu tomei durante o tratamento tb me fez ter pressão na cabeça, quando me aplicavam eu brincava dizendo o samba vai começar dendro da minha cabeça.

    Essa ânsia é normal de todo paciente, que não ficaria nervosa e ansiosa com tudo isso acontecendo na vida? Náusea eu nunca tive graças a Deus, mas vi muitas pessoas tendo essa reação. Contudo, observar sempre é recomendável e trocar idéias com o medico.

    Vou orar por vcs, e saiba que vc pode muito com o poder da oração e fé. Sua mãe tem um tesouro em casa, e com a graça de Deus vcs poderão realizar muitas coisas juntas ainda. Fé minha amiga!

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigada pela atenção e informações Vitória! É importante conhecermos pessoas como você, que lutou, venceu e ajuda quem está na luta! Continue brilhando pois assim como eu, muita gente deve utilizar esse blog para buscar informações de alguém que vivenciou e não apenas nas teorias médicas...
    Ah, os sitomas melhoraram e ela está normal, devido ao "antídoto": azul de metileno, que limpou aquele efeito colateral fora do comum...
    Obrigada pela força! =*

    Renata

    ResponderExcluir
  15. Tenho 32 anos e apareceu-me cancro da mama, coocaram-me um cateter no pescoço d lado direito mas agora estou confusa pois o que li sobre o assunto é que se o cancer for do lado direito o cateter deve ser colocado no lado esquerdo? este foi colocado no dia 23 de Agosto e eu ainda continuo com muitas dores no local do cater será normal, estou tão confusa, se me poder ajudar agradeçia, eu confio em Deus e na Nossa Senhora de Fáima tenho Fé que vou ficar boa mas estas dores são muito fortes.

    Obrigado.
    Cláudia

    ResponderExcluir
  16. Oi Cláudia, você já fez essa pergunta ao médico que te acompanha, falou dessas dores que não passam? Sempre que tiver uma dúvida não exite em perguntar ao médico. Mas eu vou me informar bem para poder te responder com propriedade e não te passar uma informação errada. Que Deus esteja com você. Como você diz, vc é uma pessoa de fé e isso é muito importante, pois nos fortalece.
    Abs,

    ResponderExcluir
  17. Pelo que li realmente é como vc mencionou post, porém veja com seu médico pq o seu foi colocado do lado da mama que teve o CA.

    ResponderExcluir
  18. Cara Victória, louvo a Deus por sua vitória sobre o câncer. Sou enfermeira oncológica e trabalho há onze anos em uma clínica de Quimioterapia. Por aproximadamente outros onze anos, trabalhei um duas instituições hospitalares. Por esse tempo e experiência, posso te assegurar que as clínicas de quimioterapia estão e são preparadas, bem como equipadas para situações de emergência que porventura venham a acontecer. As clínicas de quimioterapia só funcionam com a presença do profissional médico, que será sempre o responsável pelo acompanhamento do paciente em quimioterapia, sendo o mesmo capaz de prestar os primeiros e necessários cuidados em caso de urgência. Fique co Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e carinho. Eu sou fã do trabalho de vocês enfermeiras oncológicas, as que me acompanharam até hj eu tenho contato e sempre que eu as vejo é uma festa só. É verdade todas essas clinicas são altamente capacitadas, eu fiz as minhas quimios no Hospital do Cêncer, na parte ambulatorial, e nossa como vcs nos tratam com carinho, todos os profissionais que me acompanharam eu tenho um eterna gratidão.

      Excluir
  19. Muito obrigado pelo seu esclaresimento dessa doença,que pra muitos,inclusive eu nao estava por dentro ainda de como ela funciona, transforma a vida de uma pessoa,mas que pode ser vencida.Parabens pela sua vitória e tenho fé em DEUS que meu marido tambem vai venser.MEU NOME É RITLE DAIANE MORO EM SEGIPE E MEU MARIDO SE CHAMA ÁMOS.ABRASOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço sua visita ao blog, fico feliz que tenhas esclarecido suas dúvidas sobre a doença. Obrigada pelo carinho, vou orar para que seu esposo fique curado logo. Um grande abraço, fiquem com Deus. E se precisar estou aqui.

      Excluir
  20. NOSSA !!! VC ME TIROU MUITAS DÚVIDAS , POIS EU VOU COMEÇAR ESSE TRATAMENTO E EU TAVA COM MUITO MEDO. POR Q ACHAVA QUE AGENTE FICAVA ENCIMA DE UMA CAMA SEM PODER FAZER NADA , ENTÃO LENDO TUDO ISSO QUE TÁ NO SEU BLOG EU FIQUEI MAIS TRANQUILA POIS NÃO É UM BICHO DE 7 CABEÇAS ! E EM NOME DE JESUS EU IREI PASSAR E VENCER ESSE CÂNCER ... ESSA VITÓRIA É NOSSA !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina, fico muito feliz que de alguma forma eu tenha te ajudado, e tenha certeza que vou estar orando por você, e que logo terei ótimas notícias suas. Como você disse, não é um bicho de 7 cabeças, só se torna se nós mesmo deixarmos a doença nos abater, tenha força, fé, ânimo e encare de frente a doença. Claro que há momentos que vamos estar mais sensíveis e vamos nos abater, mas quando isso acontecer ore com todo seu coração, coloque tudo pra fora seja que qualquer forma, como um choro, depois respire fundo e siga com seu tratamento tranquila e mentalizando positividade. Um bjo no teu coração e me dê notícias.

      Excluir
    2. Fiz a quimio vermelha , tive um CA de mama mas não tive metástase nos linfonodos graças ao me grande Deus, e quero dizer que passei otimamente bem apenas com perda do cabelo, tdo suportável.Foi mto tranquilo minha recuperação, quero deixar meu recado otimista tenha fé, nada acontece por acaso, Deus escolhe as pessoas para gerar mudanças, não se revolte, agradeça por ter sido escolhida, tenha esse ato de humildade diante dessa doenca e verá aa mudanças que ocorrera emsua vida ou de quem está proxomo de vc fique co Deus e boa sorte!


      Excluir
  21. Obrigado por você esclarecer varias dúvidas de pessoas que estão passando por essa mesma situacão que vc passou. Estou com os meus pais com câncer , meu pai tem na prostata e mestantaze ossea e minha mãe esta com sarcoma no útero, os dois estão fazendo quimioterapia. Meu pai esta ofrendo menos com efeitos colaterias mas minha mãe começou a sofrer muito desde a ultima sessão que ja é a sexta,ela esta com muita falta de ar, fraqueza e cansaço, o medico falou que é normal.Mas estou com medo que possa ser Insuficiência cardiaca congestiva. Gostaria se possivel vc desse sua opinião pois ja que passou por isso e vc é uma grande vitoriosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que de alguma forma eu puder te tirar umas dúvidas. Bem posso falar de mim, porem acho que vc deve pedir ao médico uma avaliação cardíaca, mas a quimioterapia é uma medicação forte e que pode causar cansaço e outros sintomas, eu tive pouca reação, mas como citei, peça uma essa avaliação ao médico, insista! Fica com Deus.

      Excluir
  22. Parabéns, Vitória! Li o seu blog inteirinho e achei muito bem escrito e acessível a todos. Tenho 52 anos, descobri meu câncer de mama desde 2010, tirei a mama esquerda com mastectomia radical, fiz quimioterapia vermelha e branca durante 6 meses. Sofri efeitos da químio vermelha durante 1 semana, com enjôos que não me deixavam comer nada quente ou sólido, era gelatina sorvete de fruta: groselha e limão. Evitava o de limão por causa de muita infecção urinária que tive durante a químio. Quando começou a branca a coisa ficou muito difícil porque eu sentia um cansaço tão intenso que tinha que parar no caminho entre a sala de visitas da minha casa até o meu quarto (e minha casa não é nenhuma mansão e é térrea). Perdi a sensibilidade dos dedos dos pés e das mãos e às vezes sentia um vazio completo, que me deixava sem vontade de fazer absolutamente nada. Faço acupuntura há 10 anos e meu médico e anjo-da-guarda me dizia que era hora de ter muita paciência e se dar o direito de não fazer nada mesmo. (continua...)

    ResponderExcluir
  23. Nesse meio tempo comecei minha campanha para tirar a outra mama, porque é a pior coisa administrar 1: o sutiã não pára, porque a contra mama puxa, aquela prótese de silicone, esquenta, transpira, fica fedida e não pára no lugar, é um desconforto! Ah! Eu nunca me senti mutilada ou menos feminina sem as mamas. Ponho roupas que não serviam mais e não tenho que me preocupar com sutiã Ehhhhhhhhhhhhhhh! Desde meus 27 anos, quando fiz a cirurgia de coluna por causa de uma héria de disco, tinha dores na coluna, mas levava uma vida ativa, criando sozinha 3 filhos e cuidando de tudo que requer uma casa, filhos, contas, jornada de 8 horas de trabalho, não eram dores incapacitantes, só às vezes, quando eu abusava do físico. Em 2011, passei a ter dores na área do sacro e irradiava para a bacia. Mas eu não sou do tpo que fica caraminholando coisas e fui ao neurologista apenas para ver se ele poderia passar uma fisioterapia ou medicação para amenizar aquela dor que estava me incapacitando para sentar, mas em momento algum pensei que fosse câncer no osso. Ele pediu uma ressonância magnética. Fiz o exame e neste meio tempo tirei a mama direita (ufa! que alívio!) tive retorno ao oncologista que vendo o exame histológico dos 6 linfonodos retirados da mama do lado direito, constatou que havia metástase do câncer. A ressonância, identificou que o meu câncer tinha metastasiado para a região sacro-ilíaca e estava avançando rápito. Câncer? De novo? Em outro lugar? Vamos tratar. Fiz radioterapia que , por causa da localização, causou diarréia severa por alguns dias, mas passou assim que a radioterapia acabou. Passei a tomar um remédio para refazr o osso e o tal quimioterápico que toma-se por boca durante 5 anos. Era isso e parecia o fim da jornada.

    ResponderExcluir
  24. Meu cabelo, que havia caído, foi uma coisa que nunca me incomodou, não usava chapéu, nem lenço, nem peruca, recomeçou a crescer, só que depois de uma vida de cabelo liso escorrido, cresceu ondulado e muito mais bonito do que antes. Saía desfilando minha careca com todo orgulho! Em junho de 2011, após constatar que o câncer do osso não parava de se alastrar pelo íliaco, a médica resolveu voltar à uma quimioterapia mais fraca, porém eficiente para partes duras, como são chamados os ossos, cartilagens etc. Ocorre que, em 1º de julho, eu tive uma queda muito severa de resistência e tive uma pneumonia extremamente forte, meus pulmões eram "nuvens", não dava para identificá-los no raio-x. Mas, o pior foi que tive aplasia medular que é a paralisação da medula, eu tinha 400 leucócitos no corpo e o normal é o mínimo de 2500 para haver uma defesa do organismo contra infecções. Eu estava em coma superficial, com bronco-espasmo, que é uma dificuldade de respirar horrorosa, a pressão subiu muito (20 x 16), meu coração batia a 180 por minuto e aquele aparelhoo que dá choque "morou" no meu quarto por uma semana. A médica não me pôs no isolamento do hospital para que eu não pegasse nada de outras pessoas. Ela isolou um quarto normal e limitou o número e pessoas que poderiam passar o dia e/ou a noite comigo a 5 pessoas: minhas 2 filhas, (meu filho estava prestes a trocar o marcapasso e não podia ficar exposto a ambiente de hospital nem para me visitar), meu irmão, minha cunhada e minha irmã que é enfermeira há 28 anos. Meus pais só tinham 15 minutos para ficar ali me olhando, porque a médica deu 48 horas para que eu reagisse, senão não haveria muito o que fazer se a minha medula não voltasse a funcionar. Eu mesma não tinha a menor noção da gravidade da minha situação, pois estava em coma superficial, e com tanta medicação eu estava meio zen", zen noção mesmo! Não comia absolutamente nada, somente gelatina de morango, água e suco. Não ingeria nenhum tipo de sólido. As visitas foram totalmente suspensas e as pessoas autorizadas tinham que usar máscaras e luvas para me manipularem, seja para me dar um copo d'água seja para me dar de comer, bem como enfermeíras e médicos. O banho era na cama. Eu não tinha forças. Não queria assistir televisão. Aos poucos fui melhorando e no final de semana eu já estava conversando sem tossir tanto e me sentindo melhor. Para resumir o que foi um crescendo de melhora, tive alta em 23 de julho. Minhas pernas não sustentavam meu corpo, tinha que usar a cadeira de banho para banho e necessidades fisiológicas. Mas estava em casa e a casa da gente faz toda a diferença.

    ResponderExcluir
  25. A finalidade de eu estar contando tudo isso não é para assustar as pessoas fazendo-as pensar que correm esse risco também. Não é bem assim, é que eu já estava com alguma coisinha no pulmão e com a queda de resistência desencadeou todo o processo em horas. O meu intuito aqui é reforçar que cada organismo é diferente e porisso apresenta reações diferentes. Agora estou com metástase cerebral e hoje é minha última sessão de radioterapia. Dia 9 de janeiro vou retomar a químio branca e se os efeitos forem os mesmos que tive da última vez, não vai ser muito fácil, porque a fadiga que sinto é realmente incapaciante. Ocorre que estou afastada de meu trabalho, mas há 10 anos faço bijuterias, então arrumei um quarto que era para estudo das crianças ( que hoje tem 28, 27 e 22 e estão fora da escola, trabalhando em suas profissões) e transformei em meu atelier. Tem manhãs que acordo muito cedo (6 horas) por causa da dor de cabeça que a radioterapia provoca e não consigo ficar na cama. Então levanto, tomo um remédio para dor e sento lá no meu atelier! Não tem elixir mais revigorante e coisa mais importante do que achar algo que distraia a mente. Principalmente se for algo que você cria, produz, porque poduzir dá uma sensação de que a coisa não está tão ruim assim. Não importa o que seja, qualquer coisa que dê a sensação de que, apesar do estado incômodo e mal-estar, você ainda é capaz de usar seu corpo e sua mente para outras coisas além de ficar pensando e vivendo em torno de sessões de quimioterapia, efeitos colaterais etc. Não que isso não seja importante, mas precisamos atentar se não estamos "alugando" demais os ouvidos das pessoas com os nossos assuntos de doença, em vez de aproveitar e falar de outras coisas. E essa produção de qualquer coisa nos dá a possibilidade de falar de outra coisa. Por isso, mais uma vez, escrevi isso para passar uma mensagem de ânimo a todos os que estão com câncer e aos que acompanham quem está. O que cuida ou acompanha fica estressado por causa de estar 24 horas atento a tudo. Por isso sou da filosofia que o doente tem OBRIGAÇÃO de fazer o possível para amenizar para quem cuida. Como amenizar? Quando tiver disposição, lave uma loucinha, faça uma comidinha, lave uma salada, arrume uma cama, ponha uma mesa de almoço com capricho...MAS O MAIS IMPORTANTE DE TUDO ISSO: SORRIA SEMPRE! SEJA ALEGRE, BEM HUMORADO, FAÇA PIADAS DA SITUAÇÃO, ABRACE QUEM TE CUIDA, DIGA OBRIGADA E QUE A(O) AMA! NÃO QUESTIONE OS PORQUÊS DE DEUS. ELE SABE PORQUE PFRECISAMOS DISSO TUDO. Então, Vitória, minha colaboração está aí: faça desta situação o melhor que pode para sair uma pessoa melhor, ajude aos que estão em volta se dedicando com pequenos gestos dentro de suas possibilidades atuais, e produza... ache algo para ocupar sua mente. Fique deitada(o) somente nos momentos realmente difíceis, de muito cansaço, ou quando vai tirar aquele soninho que a gente não aguenta segurar os olhos abertos, do contrário, procure um lugar confortável e participe da vida da casa, de palpites e demonstre que o câncer é uma situação passageira e que logo você estará no comando novamente!!! É isso aí. E para aquelas que querem ficar mais bonitas, deixo o meu site das minhas bijuterias: www.elo7.com.br/timalucibrasil. Abraços a todos. Deus os abençoes, proteja, guarde, guie e ilumine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malu, estou emocionada com seu depoimento, estava viajando, passei agora um mês babando minha primeira sobrinha que nasceu, e só agora parei para entrar no blog e colocá-lo em dia, pois o meu intuito é justamente passar o maior numero de informações para as pessoas e que ele seja um lugar que como vc outras pessoas possam vir aqui e contar suas experiências, pois elas nos fortalecem e nos dão uma bela lição de vida. Eu só tenho a agradecer a vc por ter aberto um pouco da sua vida para nós, saiba que vou orar por vc e quero muito que vc venha aqui e nos dê mais depoimentos de força, fé, coragem, otimismo e de ótimas notícias. Você é uma guerreira! Deus abençoe a vc e sua família. Vou ver seu site e se quiser pode postar fotos da suas bijus aqui no blog. Um super bjo e continue essa mulher de força que és.

      Excluir
  26. malu parabens e obg pelo depoimento.Vc ja pensou em fabricar alem das bijous acessorios para mulheres que perderam o cabelo e que tem dificuldade de assumir a careca. Não sei ainda o que fazer para ajudar minha mãe nesse aspecto. Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana é difícil para algumas pessoas aceitarem a careca por conta do tratamento. Devemos ter paciência com essas pessoas, e ajudá-las mostrando para elas o quanto elas continuam bonitas e femininas sem os cabelos. Compre lenços bonitos já que ela não gosta de mostrar que está sem cabelos, na internet tem mostrando como fazer várias amarrações com lenços na cabeça, chapéus tb é interessante, se possível leve sua mãe para escolher os lenços... Bjs e espero que sua mãe logo fique bem. Fica com Deus!

      Excluir
    2. olá victoria,estou passando por essa fase,mas não comigo com meu filho de 31 anos,teve um nodulo no testiculo deu carcinoma,mas ta fazendo as quimio,como mãe que o acompanho,aki no nosso interior nas primeiras vezes qnd enteri no local das quimo me senti muito nervosa,hj nós vamos mais tranquila,estou bem melhor,meu filho ja raspu o cabelo,ta bem,só queria saber algum caso de desse no testiculo alguem q ja passaou por isso. abraços.

      Excluir
    3. Olá, olha vou dar uma pesquisada sobre o assunto, caso eu ache algo eu posto aqui para você. É no começo é apavorante mesmo, mas temos que manter nosso pensamento sempre positivo e já imaginar a pessoa curada, emanar boas energias e na hora em que ele tiver fazendo a quimio ore e peça a Deus que ela esteja fazendo o efeito necessário para curar seu filho. Quando quiser desabafar é só escrever. Fica com Deus!

      Excluir
  27. Retirei um cancer de mama há 4 meses e estou em tratamento quimioterápico, estou bem e não tive reações graves graças a Deus, semana q vem farei a quarta quimio de 6 q terei de fazer. Sinto mais pelas limitações q a cirurgia impõe, pois td é muito devagar e quero logo voltar a vida normal, mas tenho reagido muito bem ao tratamento e quero dizer q quem vai começar que tenha fé e muita força, pois é menos complicado e doloroso do que pensamos, não ouçam comentários negativos, pensem apenas que a maioria das pessoas se curam porque tem autoestima e força de vontade...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por sua mensagem de força, fico muito feliz por vc estar indo bem no seu tratamento, e com a graça de nosso Pai maior logo vc vai voltar a vida normal. Bjs

      Excluir
  28. ola estou fazendo quimio, estou com cancer de mama, foi retirado um quadrande mas depois deu metastase, que so Deus sabe, coloquei o cateter e ate em tao tudo foi caminhando cada dia um fleche, hoje estou na segunda quimio, com quinze dias caiu os cabelos ,mas tudo bem, nesse tempo tive dias que parecia que eu nunca tive nada, foi apenas dois dias , entao resolvi fazer tudo com disposiçao e alegria , fui limpar a casa devagar , o quintal so joguei agua, em fim, hoje apos quatro dias estou com meu braço inchado do lado do cateter , sera que extrapolei , sera que eu nao podia fazer nenhum esforço físico ,de veria te ficado quieta? bem resultado estou com medo , braço inchado , vou ao medico hoje , e sei la no que vai dar, ha nao tive febre. bom meninas o certo é se amarrar no sofá kkk. bom relato isso poque cada um tem reações muito diferentes . espero tem ajudado em alguma coisa. obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como ajudou, eu fico muito feliz que as pessoas relatem suas experiências aqui no blog. Agora quando você fizer a quimioterapia, fique uma semana mais quieta em casa, sem fazer muito esforço, pois nossas defesas ficam baixas. Quero ter notícias do que seu médico falou com relação ao seu braço inchado. Um forte abraço, fica com Deus e muita fé!

      Excluir
  29. Porque o paciente pode escolher entre quimio vermelha q cai cabelo e a amarela q nao cai, nao entendi. Minha sogra ficou triste dai a dra mandou fazer a amarela. Se fosse assim ninguem iria qrer a vermelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, olha desconheço essa questão do paciente escolher que quimioterapia ele quer fazer. Na verdade o médico avalia o paciente que está doente e nessa avaliação ele vê qual é o melhor protocolo a ser seguido para o tratamento. No meu caso eu tomei a vermelha e a branca juntas, foi a quimioterapia r-chop, meu cabelo caiu e esse foi o dos menores problemas, pois cabelo cresce novamente, o importante é que o tratamento faça o efeito desejado independente da medicação e se vai ou não cair o cabelo. Diga a sua mãe que ela tem que focar na cura dela que é o mais importante. Cabelo volta, a gente não! Abraços.

      Excluir
  30. Ólá me chamo Rita retirei um CA de mama há trinta dias, foi tudo melhor do que eu esperava, agradeço muito a Deus e a Falange protetora. Já fiz a primeira quimio que também foi melhor do que eu esperava, os efeitos e náuseas e vômitos foram de 02 dias, e a fraqueza também e difícil, mas com a fé no coração, bom astral apoio da família relacionamento e amigos, vamos longe. Ainda estou em tratamento mas bem confiante, espero em Deus manter-me bem dentro do possível. A minha mensagem principal é que temos que ter muita fé em Deus, sermos otimista, ter foco na cura e tentar aliviar os efeitos colaterais com mais disposição. Não deixar se abater com comentários maldosos e de pessoas que ainda não se conscientizarem que tudo o que passamos é para nossa cura e bem estar, talvez elas ainda não tenham tanto conhecimento, mas estamos aqui pra ajudar. um abraço a todos e vamos sempre na luta da cura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rita, adorei seu depoimento, obrigada! Muita luz pra todos nós. Bjs

      Excluir
  31. Faço quimioterapia vermelha e tenho sentido dor de garganta é quarto ciclo , será que tem a ver com o tratamento ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relate isso ao seu médico, quando eu fiz meu tratamento eu não senti dor na garganta. Não sei te informar se tem haver com o tratamento. Mas se souber de algo, volto aqui e te falo. Fica com Deus, e siga com fé...

      Excluir
  32. QUERO ORAR EM SEU FAVOR PELA RESTAURAÇÃO DA SUA SAÚDE SE DESEJAR ENVIE UM EMAIL...ENFRENTEI UM PROBLEMA NA FAMÍLIA(MINHA MÃE)FOMOS VITORIOSOS!ELA ESTA CURADA germanosax@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que o problema tenha passado e que hoje tudo está bem na família de vocês! Muito bonito você orar pelas pessoas. Parabéns.

      Excluir
  33. Estou tirando duvidas aqui. Gostei muito. Pode falar mais sobre o Câncer de ovário. Ele é bem danado, pois a minha mãe sempre fez todos os exames preventivos e mesmo assim os médicos só viram o câncer quando já estava espalhado no abdômen. Ela está fazendo quimio, depois de ter feito laparotomia. Está bem melhor, pois a barriga não está mais enxada. Estamos na luta com otimismo e vamos vencer! Força para tod@s!

    Adriana Salvador-Ba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana, fico muito feliz que de alguma forma você esteja tirando suas dívidas aqui no blog e que tenhas gostado, o intuito aqui é de um ajudar ao outro de alguma forma, como dando um depoimento ou informação... Bem, vou vou pesquisar algo sobre o que você pediu e assim que eu tiver a pesquisa feita eu posto. Ok?! E mantenha essa força! Abraços e fica com Deus.

      Excluir
    2. Olá Adriana, acabei de postar sobre o câncer de ovário. Espero que te ajude nas dúvidas. Abraços.

      Excluir
  34. Gostei muito tirei minhas duvidas .Meu genro tem um Linfoma não Hodgkin no estomago ele tem 27 anos e ja emagrece 20 kilos estamos muito asustados ja fez a primeira quimio e reajgiu bem mais teve diarreia e enjou bastante comer nem pensar depois de 3 dias começou a se alimentar mais bem pouco ele tem se esfoçado muito e quer muito ficar curado eu sou sogra pq a mãe dele e muito doentinha então eu to cuidando dele aqui em casa pq até msm acho que sou a segunda mãe dele pq amo por demais .ta sendo muito dificil mais sei que ja esta curado pq a palavra do homem não chega aos pés da palavra de Deus e esse Deus é o meu Deus do impossivel e sintto a cada dia el mais proscimo de nós Meu Dudu ja esta curado eu creio mais vamos continuar o tratamento são 10 seçoes de quimio 6 meses com irtervalo de 21 dias a quimio dele foi feita dia 10/09 hoje e dia 13/09 a cabelo ja começou a cair [ bem rapido né ?] tudo posso naquele que me fortalece !um bjs a todos que esta nessa luta pq Deus ta olhando para cada um de nós Amém !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo gesto o seu. Deus te dará em dobro o que você está fazendo pelo seu genro. Eu te agradeço por esse lindo e emocionante depoimento, você é um ser de Luz! Vou colocá-lo nas minhas orações, o seu Dudu logo estará bem e me contando sua estória aqui no blog. Paz e bem. Um forte abraço.

      Excluir
  35. Meu Pai começa nesta sexta feira a QUIMIOTERAPIA eu como filho estou
    cuidando desde que apareceu o câncer de próstata já com metástase nos
    ossos, estou muito assustado pois ele esta muito debilitado com 60 kilos.
    quero agradecer a sua dicas , que me forão de muita utilidade para tiraa
    minhas duvidas.. Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Francisco, fico feliz por ter te ajudado de alguma forma. Vou orar pelo seu pai. Nunca perca sua fé, aproveite e fique ao máximo do lado do seu querido pai dando força para que ele siga bem com o tratamento que não é fácil, mas com o amor da família nós conseguimos ter a força necessária para lutar por nossa vida! Abraços.

      Excluir
  36. Olá, descobri a doença ha quase 2 meses, ja fiz 2 quimioterapias, faço mais uma e depois a cirurgia. Estou sofrendo demais, não aceito a doença, a depressão é grande !!!
    Quero enfrentar essa etapa da minha vida de cabeça erguida, mas, confesso que muitas vezes todo esse sofrimento e essa dor é maior que minha coragem !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samira, eu te entendo, porem nós temos que trabalhar esse sentimento de não aceitação da doença para o de aceitar e encarar de frente e cabeça erguida todo o processo de tratamento da doença que realmente não é fácil, mas se torna mais difícil quando não o aceitamos! Os problemas acontecem para todos, mas a forma de encarar e resolver de cada um é única. E nós temos que fazer o diferencial para que tudo corra bem. Vá firme na direção da sua meta que é a cura, porque o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza! Tenha isso em mente, pois o pensamento positivo é muito poderoso e junto com a fé ele realmente move montanhas. Um forte abraço e sempre que quiser estamos aqui mesmo demorando um pouco a responder.

      Excluir
  37. Muito boa sua ajuda. E importante termos um local onde nos informarmos.Alem do seu providencial apoio moral e espiritual. Luto com um CA de próstata a uns 14 anos. Há 01 (um) ele voltou a agredir-me. Mas não vai ter moleza.Segunda-feira próxima, estarei iniciando um tratamento quimio - 10 ciclos de 15 dias. Te agradeço, acho que como todos que aqui participamos. Um abraco fraterno. CFernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CFernando, muito obrigada pelo seu depoimento e por sua visita ao blog. Desculpe-me a demora na resposta, pois estava viajando, mas sempre que entro respondo todas as mensagens. Sempre que quiser venha nos visitar e nos dar seu depoimento, peço a Deus que seu tratamento siga bem e com sucesso. Você é um guerreiro, 14 anos nessa luta e pelas poucas palavras aqui escritas vejo que você não se deixou abater e segue firme e com fé no seu tratamento isso é muito positivo e nos dá uma grande lição. Abraços e siga firme nessa força. Paz e Bem!

      Excluir
  38. Meu marido faz tratamento quimioterápico,no A.C. Camargo, pra câncer de pulmão(carcinoma epidermóide) com metástase no fígado. Tem muuuuitas dores nas pernas,dia e noite,só aliviando, momentâneamente ,com tramal(100mg).Gostaria de saber de algum tratamento alternativo que possa ajudá-lo.Obrigada e forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, obrigada pela visita ao blog. Olha, vou me informar e vejo o que posso estar te informado com relação a sua pergunta. Assim que eu tiver uma resposta eu venho aqui publicar. Abraços, fica com Deus.

      Excluir
  39. VOCÊ TEM TODA RAZÃO QUANDO DIZ QUE LUGAR DE FAZER QUIMIO É NO HOSPITAL JÁ PASSEI POR ALGUNS SUSTOS, DURANTE A QUIMIO EU PASSEI MUITO MAU E DESMAIEI E QUANDO ACORDEI ESTAVA NO CTI, COM MEU ONCOLOGISTA DO MEU LADO. PARABENS PELO SEU BLOG ELE COM CERTEZA JÁ AJUDOU, AJUDA E AJUDARÁ INUMERAS PESSOAS. SAUDE, PAZ, LUZ E PROSPERIDADE PARA VC E PARA TODA A SUA FAMÍLIA BJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia, obrigada pela visita ao blog e por sua mensagem, fico feliz que tenhas gostado do blog. Espero que você esteja com a saúde maravilhosa depois desses sustos. Deus esteja sempre com você e sua família. Bjs

      Excluir
  40. Victoria, estou me tratando de LH classico, estou fazendo um tratamento quimiotetapico de 16 sessoes, ja fiz 3, tenho tido pouco sintomas, mas essa aplicaçao me deixou inchada, sei que vou vencer em nome de JESUS!!! Ore por rmim bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, realmente essas medicações nos deixam inchadas, mas pense sempre que é para um bem maior e que logo depois do tratamento começamos e voltar ao normal. Pode deixar vou orar por vc! Sempre oro por todos que me escrevem! Fé e força sempre! Bjs

      Excluir
  41. E de repente "CÂNCER"... de repente porque nunca me imaginei com ele... e... descobri que muita gente também não! E aí minha gente, quando você menos espera o seu “mundo” vira de ponto a cabeça rsrs... já sabe como é né mesmo? Meu Deus!
    Em momento algum perguntei: Por que comigo? Afinal de contas só pensei e por que não comigo? Foi um susto! E para a minha família e amigos também! E aí me deu uma baita preocupação... Sempre me dediquei por demais ao trabalho e me vejo aos 57 anos... Sem pai, sem mãe, sem marido, sem namorado, sem filhos... mas com uma irmã que é um anjo, um sobrinho maravilhoso que é mais do que um filho e sua esposa, outro anjo que ele trouxe de presente para a gente e ainda amigos e amigas, parentes, (tios/tias, primos/irmãos) afilhados, alunos, uma família especial... e como não poderia deixar de ser o medo e a vontade de não incomodá-los nem lhes dar muito trabalho. Mas, como é bom receber cuidados e mimos!
    Sempre fui uma "cuidadora" amo cuidar das pessoas... e agora estou dependente! Aiiiiiiiiii! Passei por duas cirurgias no abdome uma no dia 06/02 onde foi retirado o ovário esquerdo com uma massa enooooorme (onde deu câncer depois da biópsia) e a outra no dia 02/04 para retirar o útero e ovário direito, o que não aconteceu, pois viram um probleminha no intestino delgado... portanto, barriguinha cortada novamente, sem retirar nada... rsrs... É uma cicatriz enorme e o pós-operatório foi ótimo apesar de algum desconforto que faz parte do pacote... E aí meu médico e sua equipe me indicaram outra médica para a tal quimioterapia e tudo bem rapidinho, nesta corrida contra o tempo, já que tudo está tão pequenino... Amei a consulta com minha médica que tirou todas as minhas dúvidas e disse que outras surgiriam (e anote pra perguntar rsrs)... E lá vamos nós para 6 sessões com 2 medicamentos (que nem perguntei quais seriam) com 21 dias de intervalo cada uma... Os cabelos? Ahhhhhhhhhhhhh, os cabelos rsrs!!! Provavelmente caírão totalmente ou parcialmente como ela disse! E interessante que isso não me preocupou em nenhum momento apesar de minha tia e uma amiga terem me dito ahhhhhhhhhhh este cabelão.......... e outra amiga disse como as pessoas enjoam nesta coisa!!! Eu perguntei como ela sabia se ninguém de nossas relações tinha passado por isso.. e ela disse: Ah, Cida! Eu vejo isso nos filmes!!! E aí poderá ser que me tornarei a "enjoada da Cida" por algum tempo rsrs...
    Bem, cá estamos nós e hoje achei vc e este blog e um monte de gente que dividiu histórias, informações e dicas... Obrigada a todos e todas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cida, que lindo depoimento. Obrigada de coração por dividir sua luta e nos mostrar sua fortaleza, é isso mesmo minha amiga, siga assim com fé, alto-astral, pensamento positivo que você vai superar tudo isso com maestria. Adorei seu texto, e como brincou com as situações que passamos. Olha eu vou te ser bem franca, lógico que cada um tem seu organismo diferente, mas eu ia para as quimios com tanta alegria que eu nuncaaaaaa tive um enjoo... Sério!!!!! kkkkk.... E eu fiz foi raspar meu cabelo, adorei ficar careca...kkkk, não gastava muito shampoo.... hehehe.... Sinta-se a vontade para nos escrever. Você é show e deu um lindo exemplo de força! Bjos no seu coração e fé!!!!

      Excluir
  42. Bom ver quanta vitória Victória, e tanto sucesso nestes tratamentos... E um abraço para aquelas pessoas que "perderam" alguém apesar da fé, força e vontade de viver! A minha vida inteira desde pequenina oro assim: "que seja feita a Sua vontade"... portanto, "que seja feita a Sua vontade" e tomara que a minha vontade e a vontade de um moooooooooooooooonte de amigos e amigos que estão em oração por mim, desde o susto da primeira cirurgia seja também a d"Ele... e se não for apenas partirei antes de muita gente que amo... e sei que as pessoas que amamos não morrem, apenas partem antes da gente... e como disse Guimarães Rosa... "elas ficam encantadas..." Creiam que jamais seria uma desistência da vida... amo este mundo, as pessoas e "coisas" que nos cercam... tenho fé e amigos e amigas de muita fé em Deus independente de credo religioso... e temos "foco" apesar da minha insistência em dividir atenção com um monte de coisa ao mesmo tempo rsrs...
    Estou bem, estou em paz...
    Sou uma pessoa feliz!
    Sei que podemos vencer esta doença, que tanta gente tem vencido e tanta gente tem batalhado para descobrir novos meios, medicamentos, procedimentos, aparelhagem, dicas para que ela não seja mais uma sentença de morte e sim uma doença a mais e... que apesar de dura às vezes pode nos tornar melhores, mais unidos e mais humanos!!!
    Tenho que dizer obrigada pelas orações, vibrações, telefonemas, mimos, carinhos e presença destas 3 pessoinhas de minha família de sangue e outras tantas que é a família que conquistei ao longo da vida, a família dos meus tios/tias, primos/primas e seus filhos, cumpades/afilhados, colegas de trabalho/alunos e amigos/amigas inclusive os virtuais...
    Bora lá e que venha o melhor do melhor sempre!
    Plagiando uma personagem do livro Por quem os sinos dobram... "a vida é boa e merece ser vivida" bem vivida é claro e ao Gonzaguinha: "E a vida? E a vida diga lá meu irmão... é bonita, é bonita e é bonita!"
    Obrigada Victória por este espaço... Eu estava precisando deste desabafo!!!
    "BÊNÇÃO DA AMIZADE
    Que Deus te dê:
    para cada tempestade, um arco-íris;
    para cada lágrima, um sorriso;
    para cada cuidado, uma promessa;
    uma bênção para cada provação.
    Que para cada problema...
    a vida te traga alguém fiel com quem dividi-lo.
    Para cada olhar, uma doce canção.
    ...E uma resposta para cada oração."
    E que saibamos ouvi-la, quer seja SIM ou NÃO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você por essas lindas palavras, esse espaço é nosso!!! Quando quiser é só escrever!!! Bjos no coração!!!

      Excluir
  43. Estou passando por esse mesmo problema tenho 22 Anos e esta muito difícil, fazendo quimioterapia e radioterapia por causa da rádio mandou parte de meu rosto q me incomoda muito, o paladar mudou td ñ sinto gosto de nd q eu como ate agua ta c um gosto horrível ñ dá nem vontade de tomar, mas estou 17° secção de radio ao td são 34 com fé em Deus tudo vai.passar o mais rápido possível e estarei boa logo. .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada por compartilhar seu depoimento. Por maior que seja a dificuldade pela qual esteja passando, não desanime. Confie, mantendo a fé e a esperança. A fé e a esperança são as vitaminas essenciais para mantermos a nossa saúde física, emocional e espiritual. Sempre que quiser pode escrever. Um bjo no coração. Paz e bem!!!

      Excluir
  44. Olá Vitória! Gostaria de saber se os resíduos da quimioterapia passam através do sexo oral (pela secreção vaginal) ao meu parceiro. Isso é possível? Pois quando ele fez sexo oral em mim logo depois sentiu tontura e enjoo.

    ResponderExcluir
  45. oi! meu noivo esta fazendo quimioterapia e agora depois da 3 ele começou a ter febre e muito cansaço, fizemos dois exames de sangue e ele não esta com infecção. estou preocupada pois não sei o que ele tem e um momento muito difícil para todos peço a deus que tudo passe logo e ele fique bem!

    ResponderExcluir
  46. Amei as informações agora estou preparada para lhe dar com isso pois amanhã minha mãe vai começar a quimioterapia ela foi diagnosticada com câncer na mama já fez a operação de retirada da mama e agora é a vez da quimio. Parabéns por compartilhar as informações. :)

    ResponderExcluir